Conecte-se conosco

Mundo

Templo Satânico processa o Texas, nos EUA, por interferir no ‘ritual do aborto’

Publicado

em

Estátua de ídolo pagão está no Templo Satânico em Detroit, nos EUA – Foto: AP Foto/The Satanic Temple

O The Satanic Temple (Templo Satânico – TST) entrou com uma ação no Tribunal Distrital dos Estados Unidos contra o estado do Texas, alegando que certas restrições ao aborto ordenadas pelo estado violam as crenças religiosas dos membros do TST.

Segundo eles, “É uma interferência substancial se o estado colocar um obstáculo regulatório – que custa dinheiro – na frente de um exercício religioso. O estado também pode tributar e regular a Missa”.

Para o TST, os abortos são rituais satânicos que estão “isentos” de “regulamentos desnecessários”, apontando como exemplo o fato de ter de esperar períodos obrigatórios de espera e leitura obrigatória de materiais de conscientização.

Publicidade

Em seu portal na internet, o Templo Satânico explica ainda mais sua posição pública sobre por que eles consideram os regulamentos um obstáculo a um ritual que eles alegaram que “santifica o processo de aborto, incutindo confiança e protegendo os direitos corporais”.

“O ritual do aborto satânico é um ritual de destruição que serve como um rito de proteção. Seu objetivo é dissipar noções de vergonha, culpa e desconforto mental que um paciente pode estar experimentando ao escolher fazer um aborto legal e clinicamente seguro”, afirma o documento.

“Mesmo a pessoa mais confiante e sem remorso pode experimentar sentimentos desconfortáveis ​​e ansiedade por decidir interromper a gravidez. As leis em muitos estados que impõem períodos de espera e aconselhamento obrigatório podem exacerbar esses sentimentos, assim como a condenação social e o assédio direto por aqueles que se opõem ao aborto”, completa o TST.

Publicidade

ABORTO NO TEXAS

A lei de aborto do Texas exige que antes de obter um aborto, o que é legal no Texas antes do marco de 20 semanas, a mulher deve “fazer um ultrassom, ver a imagem e ter a imagem descrita para ela, e a mulher precisa esperar pelo menos 24 horas após a ultrassonografia antes de realizar um aborto.

Segundo o portal Contra Fatos, a lei naquele estado também exige o fornecimento de materiais que incluem uma “lista abrangente de agências de adoção” e fotos coloridas “realistas” que mostram o desenvolvimento do feto “em incrementos de duas semanas de gestação”.

 

  • Estátua de ídolo pagão está no Templo Satânico em Detroit, nos EUA - Foto: AP Foto/The Satanic Temple

Destaques do Mês