Conecte-se conosco

Colunistas

A doença que pode majorar os efeitos do coronavírus

Publicado

em

A doença que pode majorar os efeitos do coronavírus

Em meus 31 anos de vida nunca presenciei no Brasil algo similar como o Covid -19. No momento em que redijo este artigo, são mais de 400 casos confirmados, incluindo alguns por contaminação comunitária, em que não é possível identificar o transmissor.

Publicidade

A Europa, que agora é o epicentro da doença, chora a morte de milhares de pessoas. Na Itália, a situação é caótica. Não há mão de obra médica e leitos suficientes para assistir a todos os infectados. Alguns jornais de grande circulação afirmam que médicos estão sendo obrigados a selecionar quais os pacientes serão atendidos, a partir dos que possuem mais chances de sobrevivência.

Não obstante, a necessidade de constante atenção aos procedimentos básicos, há algo que se deve aprender com esta situação tão delicada em nosso país: a solidariedade e o amor ao próximo.

Publicidade

Jesus, ao ser indagado acerca do grande mandato na lei, respondeu:

Mateus 22:36-40 – “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.”

Equipes de especialistas de várias localidades do mundo se empenham na busca de uma solução mais rápida e eficaz para o covid-19. Enquanto isto não ocorre, o único remédio para contê-lo é a prevenção. A Organização Mundial da Saúde – OMS, o Ministério da Saúde e diversas instituições de grande reputação, tem sido uníssonas nas recomendações, que a priori, são simples e de fácil execução.

Lavar bem as mãos; usar álcool em gel; evitar contato físico; proteger espirros e tosses com os cotovelos; evitar aglomerações, ambientes fechados e permanecer em isolamento são gestos que expressam amor e consciência de coletividade.

Publicidade

Não são raros os casos de pessoas que tem se furtado dessas precauções, colocando em risco a vida de centenas de brasileiros que circulam pelos mesmos locais. O egoísmo também é uma enfermidade que deve ser totalmente controlada, ignorá-la é majorar os efeitos ainda incalculáveis do Covid-19.

O pânico que tem gerido a vida de tantas pessoas deve ser canalizado para realização de medidas protetivas. Ações como estas demonstram compaixão, responsabilidade e, sobretudo, salvam a vida de muitos cidadãos.

E para nós, que adotamos a fé com o estilo de vida, sigamos convictos de que as circunstâncias são incapazes de sentenciar o que parece óbvio. Somos movidos pela certeza de que o nosso Guarda não cochila nem dorme. Vamos vencer!

Lucas Gonzalez nasceu em Belo Horizonte/MG. É graduado em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos, pós-graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, empresário, palestrante e pastor voluntário na Igreja Batista da Lagoinha em BH. Lucas é também Deputado Federal pelo Partido NOVO/MG. Ele ainda é Secretário Adjunto da Secretaria da Juventude da Câmara dos Deputados e Presidente da Frente Parlamentar de Prevenção ao Suicídio e Automutilação. Você pode acompanhá-lo em suas redes sociais e no YouTube: Lucas Gonzalez.


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

Publicidade

 

Lucas é mineiro, graduado em Direito e pós-graduado em Gestão Empresarial. Empresário, palestrante e pastor voluntário na Igreja Batista da Lagoinha, Lucas é também Deputado Federal pelo Partido NOVO/MG. Suas principais bandeiras são: infraestrutura, inserção do jovem no mercado de trabalho, administração pública eficiente e combate à corrupção.

Destaques do Mês