Conecte-se conosco

Minas Gerais

Barragem da Vale em Ouro Preto entra no nível 2 de emergência

Publicado

em

Uma barragem a 40 quilômetros da cidade histórica de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, entrou no nível 2 de emergência nesta quarta-feira (01). Trata-se da Barragem do Doutor, da Mina de Timbopeba. Esse nivelamento deve ser adotado por uma empresa quando técnicos detectam uma anomalia não controlada na estrutura, contudo, a Vale informou que não houve alterações físicas na barragem.

Publicidade

O alerta recomenda a retirada de pessoas da chamada zona de autossalvamento. Não há risco de rompimento, segundo a Vale, empresa responsável pela barragem.

As famílias estão saindo do local desde fevereiro quando processo de remoção começou a ser feito na comunidade. Esta ação deve ser concluída em abril deste ano. Onze das 78 famílias já foram realocadas para hotéis ou moradias provisórias disponibilizadas pela Vale. Ainda de acordo com a mineradora, cerca de 200 animais, também receberão acolhimento até que possam ser devolvidos aos seus donos.

Publicidade

A estrutura da barragem do Doutor tem capacidade para 35 milhões de m³ de rejeito. Ela foi construída no método de alteamento a partir da linha de centro, considerado um pouco mais seguro que a montante, como eram as de Brumadinho e Mariana. No ano passado, as atividades foram suspensas pela Justiça de Minas Gerais com base nas informações de que a empresa TÜV SÜD, contratada pela Vale para atestar a segurança da estrutura, não garantiu mais a estabilidade da barragem. No total, 25 barragens da Vale no estado de Minas Gerais estão sem a estabilidade comprovada.

A Defesa Civil da cidade informou que a retirada das famílias está ocorrendo uma de cada vez pela mineradora Vale para evitar a contaminação do Covid-19, o novo coronavírus.


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

Publicidade

Destaques do Mês