Conecte-se conosco

Notícias

Dólar sobe e Ibovespa cai antes de decisões do Copom e do ICMS

Publicado

em

O dólar comercial variou na faixa de R$ 5,11, nesta segunda-feira (13/6). É o sexto dia consecutivo de crescente, 2,21% a mais em relação ao dia anterior, cujo valor mais alto foi de R$ 5,13 por volta do meio-dia. Já o Índice da bolsa de valores de São Paulo (Ibovespa) apresentou queda — que já chega a 2,63%, na última atualização às 14:31 desta segunda.

O cenário ocorre às vésperas de decisões importantes para a economia do país: reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) a respeito da taxa de juros e votação no plenário do Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/2022, que propõe limite para cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços (ICMS).

O Copom irá se reunir nesta semana para discutir possível aumento da taxa básica de juros (Selic). A Selic vem aumentando, sendo que na última reunião , 5 de maio, se decidiu subir o juros de 11,5% para 12,5%. Os aumentos sucessivos são uma alternativa a fim de controlar a inflação, que é pauta importante no mundo devido à crise de commodities. A expectativa é de novo aumento, acompanhando a tendência do banco central norte-americano de subir os juros.

Já a decisão do ICMS será votada nesta segunda no Senado. O Projeto afirma que combustíveis, da mesma forma que energia, comunicações, gás natural e transportes coletivos, são bens essenciais, o que impediria governos estaduais de cobrar acima de 17%. O assunto é alvo de debates entre o Executivo e governadores estaduais, que temem perder receita de arrecadação devido à limitação das taxas.

Destaques do Mês