Conecte-se conosco

Mundo

É encontrado em Israel suposto local onde Jesus teria curado a mulher do fluxo de sangue

Publicado

em

Uma equipe de arqueólogos acreditam ter desenterrado o local de um dos milagres mais famosos de Jesus: a cura de uma mulher que estava sangrando há 12 anos. Conforme a Bíblia relata, a mulher apenas tocou no manto de Jesus e na mesma hora foi curada. 

Quem fez a escavação do templo foi a Universidade de Haifa em Golan Heights (Israel). Que aliás fica em Bania, região que na época de Jesus era Césaria de Filipe. De acordo com as pesquisas, acredita-se que esta igreja antiga está erguida no topo de um santuário grego.

Adi Erlich é o líder da escavação e junto com sua equipe encontrou pedras curiosas com figuras de cruzes. Bem como o piso de ladrilho com uma cruz. O professor Erlich acredita que peregrinos religiosos por volta de 400 depois de Cristo colocaram essas pedras. Assim que gerações depois usou o local como um templo. A fim de que pudessem lembrar o milagre que Jesus realizou ali.

Publicidade

De acordo com a Bíblia, Jesus estava a caminho da casa de Jairo para realizar um outro milagre, ou seja, para curar sua filha doente de Jairo. E enquanto a multidão O apertava pelo caminho, uma mulher sangrando se aproximou de Cristo. Foi quando a mulher do fluxo de sangue tocou nas vestes de Jesus. E no mesmo instante o sangramento parou e ela sentiu em seu corpo que acontecera um milagre.

Um suposto local

Mas ainda não se sabe se o local é realmente o lugar que ocorreu este milagre. No entanto, está claro que a descoberta desse lugar histórico é impressionante. Além disso, a equipe de Erlich acredita que esta é a igreja mais antiga de Israel. Em comemoração às interações entre Jesus e seu discípulo, Pedro. Além de celebrar o milagre que Cristo realizou.

Acredita-se que o local tenha sido construído no topo de um santuário da era romana ao deus grego Pan do século III. Erlich acrescenta que os construtores cristãos dos séculos IV e V provavelmente adaptaram o templo pagão romano a um que serviria à fé relativamente nova de Jesus.

Publicidade

Mas independente de este antigo templo ter sido ou não o local de um dos milagres mais famosos de Jesus; a escavação ainda faz parte de uma coleção histórica de descobertas recentes.

 

Destaques do Mês