Conecte-se conosco

Gospel

Felipe Heiderich assume namoro com youtuber: “Reconstruindo os pedaços da minha vida”

Publicado

em

Felipe Heiderich atualmente namora o youtuber Bruno de Simone – Foto: Arquivo Pessoal

Felipe Heiderich, em uma entrevista ao jornal O DIA, revelou que é bissexual e que está namorando o YouTuber Bruno de Simone. Felipe chegou a ser preso, mas foi inocentado pela Justiça da acusação de pedofilia feita pela pastora Bianca Toledo. O agora ex-pastor abriu o jogo e revelou seu relacionamento homossexual.

A entrevista concedida à colunista Fábia Oliveira, Felipe disse que se descobriu bissexual recentemente. Ele afirmou também que abriu mão de seu título eclesiástico de pastor para construir uma nova família, mas diferente dos moldes tradicionais aceitos pela Igreja. Segundo ele, a decisão dessa nova fase de sua vida veio após os acontecimentos envolvendo a acusação de pedofilia, como a prisão e a internação em um hospital psiquiátrico.

“Eu simplesmente não era (gay). Fui criado na roça pela minha avó e por isso sempre tive um jeito mais educado e delicado, como alguns gostam de enfatizar. Mas sempre tive namoradas e todas elas podem testemunhar sobre isso. Assim como depois da tragédia que vivi e comecei a repensar na vida, sempre deixei claro que se algum dia me apaixonasse por alguém, seja homem ou mulher, eu tornaria isso público. E assim o faço hoje”, explicou Felipe.

Publicidade

O ex- pastor também falou sobre a reação que sua família teve diante da revelação da bissexualidade. Felipe disse que não foi fácil contar para sua família, e que a mãe ainda “está em choque”. No entanto, disse que os irmãos encaram a decisão de uma forma tranquila.

“Minha família é da roça, cristã e de uma cidade muito pequena no interior. Contei pra eles essa semana. Dizer que foi fácil é mentira. Ainda existe o conceito do pecado, essas coisas. Meus irmãos foram tranquilos. Diante de tudo o que passei, eles só querem me ver feliz. Minha mãe acho que ainda está em choque. Mas uma mãe que resgata um filho do hospício e sofre com ele por 3 anos para mostrar sua inocência, eu creio que em breve ela também vai conseguir digerir tudo isso. É difícil para ela, mas não tenho dúvidas que ela me ama e quer me ver feliz”, conta.

Felipe também falou sobre sua ex-esposa Bianca Toledo. Ele não considera que Bianca usou do fato de perceber sua falta de interesse por mulheres para trazer isso ao público como se fosse algo ruim. Segundo ele, a pastora poderá usar sua bissexualidade para tentar se ‘redimir’ com seus seguidores.

Publicidade

“Ela também acusou o primeiro marido de ser gay, psicopata e muitas outras coisas, mas eu tenho certeza de que ela vai usar isso para tentar se ‘redimir’ com seus seguidores ou com a Igreja e muitos vão acreditar. Caso ela extrapole, será acionada judicialmente, já que ela é proibida por lei de falar sobre mim ou de chegar perto de mim e de minha família”, disse.

Perguntado pela jornalista que ele ainda se considerava um pastor, a resposta foi afirmativa. De acordo com Felipe, ele sempre será pastor pelo fato de ter estudado teologia.

“Sim, eu fiz teologia e fui pastor sênior de uma igreja, mas hoje, por amor à verdadeira Igreja, às pessoas genuínas que realmente amam a Jesus e tentam fazer o bem, por amor a elas e para evitar confusão ou escândalos, neste momento eu abro mão do título eclesiástico. O título nunca foi importante pra mim. Ele não está no meu RG, então eu sempre serei o Felipe, e isso pra mim basta”, revelou. E respondeu se assumir sua sexualidade o impediria de ser pastor.

“Para as igrejas tradicionais, sim. Hoje existem as igrejas inclusivas, que não haveria problema, mas essa não é a questão. Neste momento eu não quero pastorear. Tenho o apoio do Daniel Mastral e do Ministério MGL, que me aceitam, me amam e protegem, mas são poucas as igrejas que optam por apoiar e não excluir os homossexuais. Eu ainda estou reconstruindo os pedaços da minha vida que foram quebrados. É hora de cuidar de mim e não dos outros”, disse.

Felipe disse que em breve falará sobre como conheceu seu novo namorado e diz: “Acho que relacionamento é isso: companheirismo, cumplicidade e amor”. A entrevista completa pode ser lida aqui!

Publicidade

 

Destaques do Mês