Helicóptero cai na Vila Histórica de Mambucaba, em Angra dos Reis

O corpo de bombeiros informou que o local do acidente é de difícil acesso. A aeronave caiu na área de entorno de um hotel

Acidente Helicóptero Angra dos Reis

Foto: Divulgação

Um helicóptero caiu no final da tarde desta sexta-feira (11/12), na cidade de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Ainda não se sabe o número de feridos ou vítimas fatais do acidente. O episódio ocorreu perto da Rodovia Governador Mário Covas (BR 101 – Rodovia Rio-Santos), em área próxima ao Hotel do Bosque, por volta das 17h00.

As primeiras informações dão conta que a hélice do helicóptero (de pequeno porte) teria atingido uma linha de transmissão de energia, e por causa disso, o fornecimento de energia está interrompido em Paraty e em parte de Angra dos Reis. Os técnicos da Enel Distribuição Rio estão atuando na inspeção da linha para localizar o trecho da rede elétrica danificado.

Após o acidente, dezenas de usuários do Twitter teriam relatado que a aeronave estaria levando a comitiva do presidente Jair Bosonaro, que esteve na cidade nesta sexta.

O presidente chegou à Angra dos Reis no início da tarde. Ele estava na cidade para almoçar com o prefeito Fernando Jordão (MDB). O assunto do encontro não foi divulgado.

O almoço contou com a presença do Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e da deputada estadual Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra.

Logo após o encontro com o prefeito da cidade, Bolsonaro seguiu de helicóptero até sua casa, na Vila Histórica de Mambucaba. O presidente teria deixado a região da Costa Verde de helicóptero, por volta das 15h30.

A assessoria da presidência da república confirmou que a aeronave envolvida no acidente não faz parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro. Segundo a assessoria, Bolsonaro teria deixado a cidade no fim da tarde e já está na capital, Rio de Janeiro.

O corpo de bombeiros informou que o local do acidente é de difícil acesso.

 

Esta reportagem está em atualização.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.