Mulher do grupo de risco vence a Covid-19 e família comemora: “Foi um milagre de Deus”

Maria Aparecida é hipertensa. Além disso, possui osteoporose e hipotireoidismo. Mesmo assim conseguiu vencer a doença

Foto: Priscila Carvalho – Arquivo Pessoal

Uma mulher de 59 anos se curou do novo coronavírus, após ficar 24 dias internada para tratar a doença. A família disse que a cura é fruto de um milagre de Deus, pela fato dela pertencer ao grupo de risco. Maria Aparecida de Carvalho recebeu alta em um hospital particular de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A filha de Maria Aparecido conta que a mãe é hipertensa. Além disso, possui osteoporose e hipotireoidismo e apresentou os primeiros sintomas em 31 de maio, como febre, tosse e coriza. Ela se surpreendeu pela rápida recuperação da mãe.

 

Leia Mais:

+Aline Barros fará live solidária com grandes nomes da música gospel

+Cantor Leonardo Gonçalves revela problema incurável na voz

+‘Imagem de Jesus’ aparece em tronco de salgueiro e intriga operários

 

– Foi um milagre de Deus, pois ela ficou muito grave. Não há outra explicação. Tínhamos medo do que poderia acontecer, mas ela conseguiu vencer e sair do hospital. Hoje está bem – Disse a filha, Priscila Carvalho ao Portal O Tempo.

Ela conta ainda que a família se preocupou quando uma sobrinha dela testou positivo para a doença no começo de junho. Nisso, após o diagnóstico de Covid, quatro integrantes da família apresentaram os mesmos sintomas e testaram positivo para a doença, inclusive Maria Aparecida. Ela foi internada às pressas após uma baixa saturação de oxigênio dois dias depois.

Maria ficou 24 dias internada, sendo 22 dias no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Além disso, a mulher ficou 12 dias intubada. Priscila conta que foram dias de angústia de ter ficado longe da mãe, mas sempre com outros parentes faziam visitas onlines a ela.

– A gente recebia o boletim, e todos os dias, fazíamos visitas online, inclusive, quando ela estava intubada. Conversávamos mesmo quando ela estava no CTI. E teve um dia em que ela abriu o olho. Isso para nós foi uma vitória, até pelo histórico de saúde dela. A partir daí foi melhorando até sair do hospital – Disse a filha.

Mesmo com todas as dificuldades, hoje, Maria passa bem. No dia da alta, foi recebida com festa em sua casa. A família montou até um mural com mensagens parabenizando Maria por ter vendido a Covid.

– Ela veio para casa no oxigênio, mas até hoje em precisou usar, graças a Deus! Ela está bem, estamos cumprindo a quarentena e dobramos os cuidados de todos. Não tem ninguém mais com os sintomas. Foram momentos difíceis, mas conseguimos vencer – Conta Priscila.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.