Pastor da Assembleia de Deus morre vítima de coronavírus em Maceió

Djair Nascimento de Almeida tinha 54 anos. Ele é o segundo líder da congregação a falecer durante a pandemia

Foto: Redes Sociais

Foi sepultado na tarde desta segunda-feira (1º) o corpo do pastor Djair Nascimento de Almeida, de 54 anos, dirigente da Assembleia de Deus em Alagoas. Djair morreu vítima do novo coronavírus e era pastor desde 2016.

O sepultamento ocorreu no Cemitério Parque das Flores, e foi transmitido pelas redes sociais da igreja. Devido às restrições impostas pelas autoridades sanitárias, o velório foi breve e teve lotação limitada a familiares e colegas próximos. Djair deixou dois filhos e a esposa.

 

Leia Mais:

+“Se afaste de gente que se alimenta da sua dor”, diz Felippe Valadão no VillaMix

+Fabiana Anastácio segue na UTI após contrair o novo coronavírus

+Evangelista Franklin Graham pede que igrejas orem pela paz durante protestos

 

Após a morte do pastor, o presidente da Assembleia de Deus de Alagoas, Rev José Orisvaldo Nunes de Lima, publicou uma nota sobre a morte do amigo.

– Como a grande maioria tomou conhecimento, o Senhor recolheu nosso querido Pr. Djair Nascimento de Almeida. Soube após a ministração da Palavra e peço vossas orações pela família, pela nossa igreja, pelo nosso ministério e por mim. Palavras são pobres para dizer quem foi o servo de Deus. O sepultamento será no Campo Santo Parque das Flores, às 13 horas desta segunda-feira (1). Como em todos sepultamentos, faremos o culto fúnebre fora do portão e o Portal AD Alagoas transmitirá em tempo real [via Youtube e Instagram] para que os amigos e familiares possam acompanhar a cerimônia. Em seguida, acontecerá o sepultamento com número restrito pelos decretos governamentais. À irmã Solange e filhos, rogamos o consolo do Santo Espírito – Disse o presidente.

O pastor Djair Nascimento de Almeida dirigiu três igrejas na capital alagoana, Cruz das Almas, Marques do Pombal e Av Rotary. Djair nascem em 12 de março de 1966 na cidade Maceió, era casado com Solange Tenório B. de Almeida e tinha 2 filhos, Davi e Suelen.

 

Segunda morte

No último sábado (30), faleceu o também pastor da Assembleia de Deus em Alagoas, Jairo Clementino. Ele era presidente da Assembleia de Deus do Tabuleiro dos Martins, ele morreu com suspeita de Covid-19. Ele estava internado em um hospital particular na cidade de Maceió, mas ainda não foi informado pela congregação o resultado do seu teste.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.