Pr. Wagnão sai em defesa de André Valadão: “O salário do pecado é a morte e você precisa escolher um lado”

O baixista da Banda Sion, Wagner Malaguês, mais conhecido como Pr. Wagnão, saiu em defesa do pastor André Valadão em um vídeo publicado por ele

O baixista da Banda Sion, Wagner Malaguês, mais conhecido como Pr. Wagnão, saiu em defesa do pastor André Valadão, após o líder da Igreja Batista da Lagoinha Orlando responder um seguidor a respeito de homossexuais na igreja. Em um vídeo publicado no seu canal do YouTube, Wagnão fez críticas a pastores evangélicos que não tem pregado o que chamou de “verdadeiro evangelho’. Além disso, cobrou dos líderes cristãos que não se posicionaram em favor de André. André Valadão afirmou, na semana passada, que “igreja tem um princípio bíblico e a prática homossexual é considerada pecado”.

+ “Na igreja não pode tudo, mas pode todo mundo”, declara Pastor Felippe Valadão

– Cuidado com a narrativa que vem de fora, tentando deturpar os valores bíblicos. Cuidado para você não virar refém, virar papagaio de novo, Jesus renunciou em 2020 anos, depois disso, aparece uma galerinha dinâmica, querendo aliviar as coisas, querendo alargar a porta, que é estreita. Jesus não vai aliviar para o homossexual. Jesus não vai aliviar para mentiroso. Jesus não vai aliviar para adúltero, Jesus não vai aliviar para invejoso – Disse o pastor.

– Eu fiquei foi muito feliz quando eu vi a resposta do André Valadão, porque até que enfim alguém de nome, de peso no meio gospel, falou a verdade, o evangelho puro e simples, é isso – Completou ele.

+ Justiça de MG condena Igreja Universal por obrigar pastor a fazer vasectomia

No decorrer da sua crítica, Wagnão citou uma passagem no livro de João. Em um trecho Jesus prega para seus discípulos, estes porém, ficaram perplexos com a fala de jesus. O pastor Wagnão disse que Jesus “pregou o puro e simples evangelho” aos seus discípulos, motivo do espanto. Ele citou essa passagem para dizer que, se Jesus estivesse nos dias atuais, suas falas seriam destaques nas mídias, assim como foi com o pastor André.

– Imagine para aqueles que não o conhecem, imaginem para um mundo que prega a libertinagem, para o mundo que prega o ‘meu corpo minhas regras’ com certeza as palavras de Jesus estariam estampadas em todas as manchetes, porque o mundo ama a mentira, ama a iniquidade, o mundo quer viver no pecado, o pastor André Valadão não fez nada além de falar verdade que está no evangelho, e parabéns” – Disse o pastor Wagner.

Para finalizar, Wagnão confirmou seu apoio ao pastor André.

+ “O Retiro”: Pastor seleciona 30 influenciadores e cria retiro cristão no TikTok para evangelizar jovens

– A igreja precisa de pessoas que falam a verdade, não de pessoas que tentam relativizar o evangelho de Cristo. Não precisa de pessoas que tentam adaptar as coisas, que tentam arrumar um jeitinho pra tudo, não dá contra o pecado, não dá, o pecado vai levar o homem para o inferno, se você tem compromisso com o pecado, você vai para o inferno, essa é a verdade porque a Bíblia diz que o salário do pecado é a morte e você precisa escolher um lado – Disse ele.

E completou seu pensamento:

– Absurdo é aceitar com que cristãos vivam uma vida falsa. Absurdo é pegar a palavra que é uma verdade única e tentar adaptar para justificar o meu comportamento, o meu erro. É inadmissível usar a palavra de Deus pra tentar justificar a mentira, justificar o adultério, justificar a homossexualidade, tira da sua cabeça, esse negócio de que ‘se Deus é amor, Ele tá assim pro teu pecado’, tira isso da cabeça, Jesus veio para aproximar você de Deus, através do arrependimento, através da renúncia, através do seu sacrifício na Cruz do Calvário – Finalizou ele.

Pr. Wagnão tem se destacado nas redes sociais e também no YouTube por seus pensamentos e críticas sobre assuntos diversos, muitos deles com base na Bíblia. Atualmente, Wagner Malaguês possui mais de 430 mil inscritos no seu canal e 112 mil seguidores no Instagram.

 


Receba as notícias do Gospel Minas no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp: bit.ly/2R9Ign9

Telegram: bit.ly/2CNJQY7

Siga o Gospel Minas no Google News


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.