Conecte-se conosco

Minas Gerais

Prefeitura de BH anuncia novas restrições e suspende cultos religiosos

Publicado

em

Prefeito Alexandre Kalil – Foto: Reprodução

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou na tarde desta sexta-feira (12/03), novas restrições às atividades comerciais em Belo Horizonte. Entre eles, a proibição de cultos em igrejas da capital.

Publicidade

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta tarde e segundo Kalil as novas medidas anunciadas têm o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus em BH. Portanto, igrejas, bem como outros templos religiosos, não poderão realizar cultos presenciais, mas poderão abrir ao público. A suspensão começa a valer a partir da próxima segunda-feira (15/03).

Além de cultos, lojas varejistas de materiais de construção civil, cursos de línguas, danças e artes, e praças públicas e caminhadas ao ar livre também não poderão funcionar [veja lista abaixo]. A nova suspensão das atividades físicas em locais públicos da capital entra em vigor a partir deste sábado (13/03). Já as atividades comerciais, bem como a realização de cultos passam a ser suspensas em Belo Horizonte a partir da próxima segunda-feira (15/03).

NOVAS RESTRIÇÕES

  • Funcionamento de lojas varejistas de materiais de construção civil;
  • Cursos de línguas, danças e artes;
  • Praças públicas e caminhadas ao ar livre;
  • Restaurantes com entrega na porta (eles só poderão funcionar por delivery);
  • Carros de lanche;
  • Cultos nas igrejas, de qualquer religião;
  • Lojas de conveniência em postos de combustíveis após 18 horas;

Conforme o último balanço da prefeitura, a capital mineira registra 120.837 casos confirmados da doença: 2.869 mortes, 5.848 pacientes em acompanhamento e 112.120 recuperados. As ocupação das UTIs dos leitos públicos e privados para a COVID-19 chegou a 89,4%. E as enfermarias: 75,6%.

CULTOS EM SÃO PAULO

Dez dias após assinar um decreto que reconheceu as atividades religiosas no estado de São Paulo como serviço essencial na pandemia, o governador João Doria anunciou nesta quinta-feira (11/03), a interrupção dos serviços religiosos em todo o estado.

Publicidade

As restrições por lá começaram na segunda e estão previstas para durarem até o último dia do mês (30/03).

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês