Conecte-se conosco

Gospel

“A justiça de Deus é certa”, diz Bruno Feital sobre acusação de agredir Quesia Freitas

Publicado

em

Bruno Feital e Quesia Freitas – Foto: Reprodução

Uma semana após o cantor gospel Juninho Black revelar um vídeo em que a irmã, a também cantora gospel Quesia Freitas, é agredida pelo esposo Bruno Feital, no Américas Shopping Recreio, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, Bruno falou sobre a repercussão do caso. Ele é acusado de ameaçar Quesia com uma arma, além de intimidar jogá-la de uma sacada.

Publicidade

Bruno tem 35 anos e falou com exclusividade com o Portal Gospel Minas. Diante do caso, Bruno negou que tenha ameaçado Quesia e afirma que não é verdade que tenha pegado uma arma para ameaçá-la. Feital ainda acusa a cantora de calúnia e que vai provar na justiça todas as acusações contra ele.

Além disso, Bruno também revelou que está tomando providências judiciais contra o cunhado, o cantor Juninho Black, que fez sérias acusações contra ele. No dia em que divulgou o vídeo, o cantor pediu ajuda dos seguidores para pedir por justiça e disse, naquela ocasião, que sua irmã vinha sofrendo tortura psicológica, abuso emocional, agressões físicas e coação. Confira a entrevista com Bruno abaixo:

Publicidade

1 – Segundo a Quesia, o casamento foi marcado por constantes agressões e ameaças. Você é muito ciumento? O porquê o agredia?
Éramos um casal normal, como outro qualquer. Tínhamos nossas diferenças, mas nada que pudesse ser enquadrado como agressivo. O ciúmes era recíproco. Acredito que ela era mais ciumenta do que eu.

2 – Ela conta que você não aceitava o término e/ou divórcio e por isso o ameaçava. Isso procede? Porque não aceita o fim do casamento?
Não é verdade. Quando nos separávamos era ela quem me procurava através da minha irmã. Em relação ao divórcio, não aceitei a forma que ela impôs para a separação exigindo que eu abrisse mão dos meus bens em favor dela.

3 – Quesia disse que você já a ameaçou querendo jogá-la da sacada, ameaçou com uma arma e também tentou estrangula-la. Isso é verdade? Você conseguiu a arma emprestada?
Não é verdade. Eu jamais fiz ou faria isso com qualquer pessoa, muito menos com a minha esposa. A Quesia é uma mulher inteligente, independente, vocês acham realmente que ela teria continuado o nosso casamento se eu tivesse feito isso? Nenhuma mulher inteligente ficaria com um homem que a tratasse mal desse jeito.

Publicidade

4 – A cantora revelou que “Muitas das brigas aconteciam porque eu não queria ter relações sexuais sempre, mas ele não aceitava isso. Nem mesmo quando eu estava com cinta médica após uma cirurgia. Já tive relações sexuais chorando, porque ele me obrigava” – O que tem a dizer sobre isso?
Jamais faria isso com ela ou com qualquer mulher! Isso é estupro! Muito grave essa acusação, ela está me caluniando.

5 – Apesar de todas as revelações de Quesia, você acredita em armação ou outra coisa por parte da cantora, para te prejudicar?
Não acredito que ela queira me prejudicar, até porque ela não teria motivos. Mas com certeza essa divulgação vai beneficiá-la na carreira de cantora.

6 – Juninho Black, seu cunhado, afirmou que Quesia sofria constantes agressões, ele inclusive revelou o vídeo nas redes sociais. Ele tem razão e porque?
Estou tomando providências judiciais em relação às acusações do irmão dela. As pessoas têm que ter muito cuidado pois internet não é “terra de ninguém”. O vídeo divulgado está cortado. Não aparece o que aconteceu antes. Vou provar minha inocência. Tenho vídeos e conversas de WhatsApp que já foram entregues pela minha advogada para as autoridades.

7 – Acredita na justiça de Deus, além da dos homens?
A justiça de Deus é certa!

A equipe do Gospel Minas entrou em contato com o cantor Juninho Black e Quesia Freitas. O espaço está aberto para manifestações.

Publicidade

 


Leia também:

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês