Milagre: Bebê que nasceu prematuro com menos de meio quilo ganha alta do hospital

Harper Rose Schultz derrotou todas as probabilidades quando nasceu quatro meses antes da data prevista e com pouco menos de 500 gramas

Harper Rose Schultz nasceu prematura e pesando menos de meio quilo – Foto: Reprodução

Harper Rose Schultz derrotou todas as probabilidades quando nasceu quatro meses antes da data prevista. Surpreendentemente, ela pesava apenas menos de meio quilo. Mas nesta semana, ela finalmente vai para casa com sua família. Patrick, o pai de Harper, chama isso de “nada menos que um milagre”.

Publicidade

Covenant HealthCare, o hospital onde os pais de Harper foram, enviou um vídeo mostrando a jornada de Harper desde o nascimento até a alta. No vídeo, Patrick compartilhou que ele e sua esposa, Wendzik, foram para o hospital por causa da dor abdominal que Wendzik sentiu.

– Chegamos por causa de uma dor abdominal que irradiava pelos lados do corpo e apenas pensamos: ‘Na pior das hipóteses, iríamos para casa em repouso absoluto – Contou eles. O casal não esperava ver o bebê naquele mesmo dia.

Publicidade

Wendzik relembrou: “Aquele dia passou tão rápido. Quando eles me disseram no final da tarde, ‘vamos levá-lo para uma seção de emergência’, minha mente explodiu. Esperávamos um pouco mais cedo, mas não tão cedo”.

E em 29 de junho deste ano, quatro meses antes da data do nascimento, Harper nasceu. Ela pesava um pouco menos que 500 gramas. Mas a Covenant HealthCare NICU fez de tudo para cuidar de Harper. E agora, ela pesa saudáveis 2 quilos e meio.

O Dr. Martin Nwanko revelou que Harper é “o menor bebê que já ressuscitamos”. Ele continuou: “Vê-la crescer de onde começamos a ir para casa agora em uma forma razoavelmente boa, é incompreensível para nós. Nunca fizemos isso antes”.

Publicidade

Ele acrescentou que metade dos hospitais nos Estados Unidos não teria tentado o que fizeram.

A Dra. Nwanko revelou que os hospitais não tentariam salvar Harper porque o equipamento é grande demais para ela, uma micro prematura. Portanto, há um risco muito maior de machucá-la ou, pior ainda, de matá-la.

Mas, felizmente, Harper prova ser o pequeno campeão que é.

– Ela é uma bênção e somos muito gratos. O fato de que eles podem pegar algo tão pequeno e sustentar a vida é nada menos que um milagre – Disse o pai Patrick. Veja fotos abaixo:

Com informações de GODTV.

Publicidade

Leia também:

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.