Conecte-se conosco

Minas Gerais

Morre aos 49 anos, o apresentador Stanley Gusman, da TV Alterosa

Publicado

em

Apresentador Stanley Gusman morre aos 49 anos – Foto: Reprodução/Redes Sociais

O apresentador Stanley Gusman, da TV Alterosa, afiliada do SBT, morreu na noite deste domingo (10/01), aos 49 anos. O comunicador estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Villa da Serra, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O apresentador teve o diagnóstico confirmado antes da virada do ano. Na última segunda-feira (04/01) foi levado ao hospital e diretamente direcionado para a UTI. A morte foi confirmada por volta das 22h30 deste domingo.

Na quarta-feira, apresentou melhoras, mas, no dia seguinte, piorou novamente. A equipe médica esclareceu que Stanley teve uma infecção secundária, decorrente da Covid-19.

Publicidade

Desde quando permaneceu internado, o Alterosa Alerta, programa policial que comanda na emissora há cerca de quatro anos, vinha sendo conduzido pelo gerente de jornalismo da emissora, Ricardo Carlini, e pelo repórter Pablo Tiago.

O diretor-presidente dos Diários Associados, empresa da TV Alterosa, Álvaro Teixeira da Costa, lamentou a morte do profissional.

“Minas perdeu um grande jornalista. Um representante das classes menos favorecidas que estava sempre aberto para tentar melhorar a vida de cada um. A TV Alterosa e todo nosso grupo estão entristecidos. Perdemos um grande companheiro, uma voz de extrema importância para a nossa comunicação. Stanley ficará para sempre em nossos corações. Muito obrigado por tudo que você fez por nós e por Minas Gerais. Que Deus lhe receba com os braços abertos”, disse ele ao Estado de Minas.

Publicidade

Sobre Gusman

Além de apresentador de TV, Gusman era advogado e escritor, tendo lançado dois livros: ‘O escutador do vento’ e ‘O difícil desejo de amar’. Em Minas Gerais, Stanley Gusman teve ainda passagem pela TV Bandeirantes.

Nascido em Eugenópolis, no interior de Minas Gerais, em 2015, Stanley já foi homenageado pela Câmara Municipal de Belo Horizonte com o título de cidadão honorário. Na cerimônia que foi homenageado, o apresentador contou que vendia camisola a 3 por R$ 10,00 nas ruas de BH e dormia em um carro em frente ao antigo Hotel Del Rey.

 


Receba as notícias do Gospel Minas diretamente no seu aplicativo de mensagens favorito:
WhatsApp   Telegram

Siga o Gospel Minas no Google News

Destaques do Mês