Pastor Lucinho Barreto diz que Jesus pode transformar ‘casos perdidos’

O pastor usou como exemplo o cantor Justin Bieber que vem sendo transformado a cada dia por Jesus

Foto: Lagoinha

O pastor de jovens Lucinho Barreto fez um post onde destacou a importância de falar de Jesus publicamente através das redes sociais. Ele usou como exemplo o cantor Justin Bieber que no último domingo (17), transmitiu ao vivo um culto no Instagram para milhões de seguidores.

Lucinho começou falando que muitos cristãos estão abandonando a carreira gospel ou a vida cristã para se dedicar ao mundo secular. Ele elogiou o cantor pop canadense pela atitude de transmitir um culto em sua rede social que possui mais de 136 milhões de seguidores.

 

LEIA TAMBÉM:

+Padre realiza ‘drive-thru da água benta’ com arma de brinquedo

+MG: Mulher com Covid-19 foge de hospital e tenta incendiar seu corpo

+Gateway Worship Kids surpreende público com seu novo álbum “Todos Mis Días”

 

Numa época em que alguns cantores cristãos estão ‘indo pro secular’ ou mesmo elogiando publicamente canções de pessoas que são abertamente contra o evangelho, o cantor Justin Bieber transmitiu na manhã desse domingo 17/5 o culto completo de sua igreja em que seu pastor Judah Smith pregou por mais de 40 minutos – Disse Lucinho.

O pastor da Igreja Batista da Lagoinha continua dizendo que já fez críticas ao cantor por ter abandonado a vida cristã. Mas, disse que hoje lhe admira pelas atitude de tentar levar o evangelho às pessoas.

Confesso que já critiquei o Bieber no passado exatamente por ele ter sido criado no evangelho mas depois o abandonado. Mas hoje me admiro muito e aplaudo a atitude desse que com certeza é o cantor mais ouvido do mundo ao se declarar publicamente como cristão de forma tão aberta! – Disse o pastor.

 

Perdão por críticas

O pastor lembra que enquanto Bieber transmitia o culto, muitos seguidores enviaram comentários na rede social do cantor, criticando sua postura e a sua mudança com relação a sua carreira. O pastor não hesitou em elogiar Bieber pelas suas atitudes e pediu perdão pelas críticas do passado.

Enquanto a live acontecia (eu acompanhei), li vários comentários de pessoas que diziam: ‘você não é mais cool (legal) como antes’. Outros diziam: ‘largue essa besteira de culto e volte a ser o Justin do passado’. – Lembra Lucinho.

Ele finaliza dizendo que Jesus pode transformar a vida de qualquer pessoa, assim como está transformando a de Justin.

A história de um cara desses só mostra que as vezes os que tem jeitão de santo não dão em nada, ao passo que os ‘casos perdidos’ se tornam a grande prova de que Jesus pode transformar qualquer um! Parabéns Bieber e perdão por não conseguir enxergar lá atrás o cara que você está se tornando hoje – Finalizou Lucinho Barreto.

 

View this post on Instagram

Numa época em que alguns cantores cristãos estão “indo pro secular” ou mesmo elogiando publicamente canções de pessoas que são abertamente contra o evangelho, o cantor @justinbieber transmitiu na manhã desse domingo 17/5 o culto completo de sua igreja em que seu pastor @judahsmith pregou por mais de 40 minutos. Confesso que já critiquei o Bieber no passado exatamente por ele ter sido criado no evangelho mas depois o abandonado. Mas hoje me admiro muito e aplaudo a atitude desse que com certeza é o cantor mais ouvido do mundo ao se declarar publicamente como cristão de forma tão aberta! . Enquanto a live acontecia (eu acompanhei) li vários comentários de pessoas que diziam: vc não é mais cool (legal) como antes. Outros diziam: largue essa besteira de culto e volte a ser o Justin do passado! . A história de um cara desses só mostra que as vezes os que tem jeitão de santo não dão em nada, ao passo que os “casos perdidos” se tornam a grande prova de que Jesus pode transformar qualquer um! Parabéns Bieber e perdão por não conseguir enxergar lá atrás o cara que vc está se tornando hoje!

A post shared by Pr. Lucinho (@prlucinho) on

 

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.