Pastor Lucinho diz que vacina contra a Covid não será a marca da besta

Pastor Lucinho Barreto – Foto: Legacy Jovens

O pastor Lucinho Barreto publicou um vídeo em seu canal falando sobre a vacina contra a Covid-19. Após ouvir de pessoas de que a vacina contra a doença seria a ‘marca da besta’, o líder evangélico se manifestou sobre e respondeu seus seguidores se realmente a vacina é a marca do anticristo.

+ Lucinho Barreto alerta cristãos sobre filme ‘365 Dias’ lançado pela Netflix

A decisão do pastor em fazer o vídeo explicativo se deu após o rapper Kanye West afirmar que a vacina para o novo coronavírus é uma espécie de “marca da besta” e disse que não iria tomar a vacina. Lucinho discordou do artista norte-americano e falou que a marca da besta vai ser um sinal de identificação dos seguidores do anticristo e não como uma preparação biológica, que tem por finalidade salvar vidas.

– Eu discordo. Eu tenho certeza que a marca da besta vai ser um sinal de identificação dos seguidores do anticristo. Assim como você gosta de uma marca qualquer, e você vai atrás de uma camisa que tem aquele nome, assim será com o número do anticristo [666]. Vai ser um número de aproximação. Vai ser uma marca que fala de uma empatia. Como de anticristo vai ser essa pessoa que virá para resolver os problemas mundiais – Disse o pastor.

+ Tiago Brunet oferece emprego ao motoboy Matheus Pires: “A humildade sempre vence”

Segundo pastor, a pessoa não receberá a marca da besta e depois descobrir que recebeu de forma enganosa, uma marca do anticristo.

– Tanto Deus e o diabo querem seguidores voluntários. Imagina, uma pessoa chegando no céu e Jesus falando, “ó, você não vai entrar aqui, porque você tomou uma vacina da Covid, e a vacina era a marca do anticristo”, é de ir. Deixa eu te falar: que dia eu tomei uma decisão voluntária de seguir o anticristo? Nunca. Então, não é sendo enganado por uma vacina que você vai ser marcado. A Bíblia diz que essa marca vai ser proposital, vai ser intencional – Explicou Lucinho.

O pastor reafirmou que a vacina contra a Covid-19 não será a marca do anticristo, pelo contrário, vai preservar a vida de bilhões de pessoas ao redor do mundo. 

+ Pastor Lucinho Barreto: Existe ex-gay na Bíblia?

– Assim que sair a vacina para a Covid, vou tomar, OK? Vou tomar, porque eu tenho absoluta certeza, sim, pacífica, de que não é a marca – Disse ele.

O pastor seguiu dizendo que muitas pessoas estão preocupadas em saber se a vacina contra o novo coronavírus é a marca da besta, mas eles ainda não tem a marca da promessa, ou seja, o Espírito Santo dentro deles.

– Então tentando descobrir coisa do Apocalipse, mas estão tentando descobrir quanto que Jesus vem. E ainda não se libertaram da pornografia, dos palavrões, da bebida alcoólica, ainda tão preso em muitos pecados. Essa é a marca que nós temos que ter, que é o selo do Espírito Santo no nosso coração. E é essa marca que você tem que se preocupar com ela. Porque os jovens hoje gostam de usar roupa de marca? Muitas vezes, que é pra compensar a falta da marca da promessa que eles não têm dentro de si – Disse o pastor Lucinho Barreto.

 


Siga o Gospel Minas no Google News


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.