Lições de uma tragédia Pastor Arthur Pereira

Arthur Pereira – Foto: Reprodução/Instagram

O Pastor Arthur Pereira presidente da igreja do Amor deu ênfase às lições e aprendizados que temos a partir de uma tragédia. Ele destaca que ao ver uma situação como o rompimento da barragem em Brumadinho, MG, acabou sentindo tocados com o ocorrido. (Eclesiastes 7.2).

Publicidade

“Melhor é ir à casa onde há luto do que ir a casa onde há banquete; porque naquela se vê o fim de todos os homens, e os vivos o aplicam ao seu coração.”, disse.

O pastor explica que quando vamos a uma festa não pensamos muito sobre tudo o que está acontecendo pelo contrário nós festejamos, comemos, celebramos. Mas quando vamos a algum lugar que tem pessoas passando por algum tipo de dificuldade, a um funeral, a um hospital visitar alguém que está enfermo, o nosso coração se inclina para esse tipo de situações e começamos a refletir sobre a nossa vida. E a partir daí se extrai algum aprendizado.

Publicidade

Arthur conta que ele e a esposa também viveram um momento trágico em suas vidas há mais ou menos nove anos quando a primeira filha deles nasceu ela ficou três meses internada e depois veio falecer.

“Quando depois nós fomos refletir, tantos aprendizados foram colocados em nossos corações. Eu sempre digo que a nossa filha foi uma semente de avivamento para nós e a nossa igreja, porque depois nós nunca mais fomos os mesmos.”, afirma.

“Jó perdeu a família, bens a saúde tudo de uma vez só, talvez você não esteja passando tudo que ele passou mas o sentimento é o mesmo. Jó enfrentou aquela situação de uma forma muita tranquila, acreditando que Deus estava no controle de tudo.”, Lembra.

Publicidade

O pastor separou cinco lições que podemos tirar em meio a tragédias.

  1. Todas as pessoas estão sujeitas as tragédias, (Eclesiastes 9.2). “Tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao mau, ao puro e ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.” O pastor Arthur acrescenta que muitas vezes julgamos uma pessoa quando ela está passando por um momento difícil, como os discípulos de Jesus quando encontraram o jovem que era cego ou os amigos de Jô. (Mateus 5. 45) “para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos”.

 

  1. Não devemos culpar a Deus pelas tragédias. (Lamentações 3. 33) “Porque não aflige nem entristece de bom grado os filhos dos homens”. O pastor lembra que muitas vezes as atitudes das pessoas trazem como consequência uma tragédia. “Tenho aprendido que Deus é bom em todo o tempo Ele é fiel. Ele não quer afligir as pessoas mas o mundo em que vivemos nos aflige.”, ressalta.

 

  1. Seja mais grato. O pastor pontua que devemos agradecer o dia todo. “Agradeça por aquilo que Deus está dando a você, um dos maiores milagres que a gente pode ter é o dormir e o acordar.”, destaca.

 

  1. Ame sempre (João 13.1) “Antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, e havendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim”. O pastor pontua que temos que aproveitar os momentos que temos com os nossos familiares, que temos a oportunidade de colecionar em nós memórias que vão ser eternas e também amar os nossos inimigos.

 

  1. Viver como se cada dia como fosse o último. Arthur afirma que o melhor dia da nossa vida é hoje porque estamos vivos e respirando, que temos que viver de forma intensa. (Tiago 4. 13-14) “E agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá passaremos um ano, negociaremos e ganharemos. No entanto, não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um pouco, e logo se desvanece”. Pastor Arthur enfatiza que a maior tragédia que uma pessoa pode ter é viver sem Jesus, pois sua vida será vazia.
COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.