Conecte-se conosco

Brasil

Mãe grávida que usou corpo para proteger filho de tiro está internada com Covid-19

Publicado

em

Mãe usa o próprio corpo para proteger filho de tiro em assalto – Foto: Reprodução/Rede Globo

A mãe que usou o próprio corpo como escudo para proteger o outro filho, de quatro anos, em Ceilândia, no DF, está internada por complicações da Covid-19 desde o dia 2 de fevereiro.

Publicidade

A dona de casa Rafaela Dantas, de 31 anos, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Samambaia (HRSam), no Distrito Federal, nesta segunda-feira (08/02).

No mês passado, Rafaela ficou conhecida após usar o próprio corpo para proteger o filho de um tiro disparado durante um assalto, no Recanto das Emas. Câmeras de segurança gravaram o momento (veja o vídeo no final da matéria).

Publicidade

Segundo a família de Rafaela, ela segue internada na enfermaria do HRSam para continuar o tratamento, mas já respira sem ajuda mecânica. O marido dela também está na mesma unidade, com sintomas de Covid-19, mas apresentou melhora no quadro.

Dois assaltantes chegaram e um deles armado tentou roubar o celular de um cliente, mas a vítima reagiu. Se vê depois, são momentos de desespero. De um lado, um dos bandidos luta com o homem. O outro assaltante aponta a arma para os clientes e atira. A reação da Rafaela é imediata. Ela se joga no chão e usa o corpo para proteger o filho. Um não. Dois. Rafaela está grávida de seis meses.

Ninguém ficou ferido, os dois bandidos foram presos. De acordo com o delegado, a atitude da mãe diminuiu a chance do filho ser atingido por um disparo.

Publicidade

Destaques do Mês