Conecte-se conosco

Mulher que fez aborto encontra Jesus e sua filha abortada no céu: “Ela dançava com Jesus”

Publicado

em

Dell em entrevista a um site americano – Foto: Reprodução

Uma mulher que não conseguia se perdoar por abortar sua filha no passado foi levada por Deus para o céu e teve permissão para ver sua filha que ela nunca chegou a vê-la.

Publicidade

Dell decidiu fazer um aborto no segundo trimestre porque ela sentiu que seu bebê estaria “melhor se não viesse a este mundo”. Além disso, ela pensava que não era uma boa para ninguém. Então, ela passou pelo procedimento. Logo após o processo, ela foi para casa com vontade de morrer, porque ela havia se arrependido. Ela se sentiu muito culpada e se cortou por uma lâmina de barbear. Mas, de repente, seu telefone tocou. Um senhor da igreja ligou para ela e disse:

“O Senhor me disse que você estava com problemas. O Senhor disse que se você andar reto, estreito e confiar n’Ele, Ele restaurará o que os gafanhotos comeram em sua vida. E devolva dez vezes mais o que satanás tirou de você”, disse o homem à Dell. Naquele momento Dell percebeu o quanto Deus a amava por ter enviado um homem para chamá-la naquele exato momento. Desde então, ela prometeu a Deus que viveria para Ele.

Publicidade

Presente de Deus

Então Deus, em sua misericórdia, enviou seu marido Kari para ela. Kari é o homem mais gentil que ela já conheceu, mas resolveu esconder dele o aborto que fez. No entanto, ela planejou terminar seu relacionamento porque se sentia indignada. Dell acha que não foi justo para ele, que sempre foi fiel a Deus. Assim, ela confessou a ele e contou-lhe o que ela havia feito.

Mas ele disse: “Pode ter importado em um ponto, mas é tarde demais. Eu te amo. Deus me enviou em sua vida para desfazer aquelas coisas horríveis que aconteceram com você’. E eles estão casados hoje há 42 anos, com duas filhas e dois filhos.

Dor, arrependimento e assombrações

Dell tinha felicidade, mas ela ainda sentia que faltava algo para completar sua vida. Ela então percebeu que o que estava faltando era uma “verdadeira alegria” porque ela não conseguia se perdoar por abortar seu bebê no passado. Além disso, a mãe também desejava ver sua filha falecida. Ela pensou que quando um dia conhecesse sua filha no céu, o que ela diria?

Publicidade

Superficialmente, ela estava feliz, mas não tinha paz. A dor e o arrependimento daquele erro a mantiveram lutando.

Um dia, Dell e seu marido participaram de um evento de avivamento em Lakeland, uma cidade localizada no estado americano da Flórida, nos EUA, com o pastor Rodney Howard-Browne. Ela ficou sentada durante todo o serviço, mas nada aconteceu. Ela ficou muito desapontada e com o coração partido. Quando eles saíram, o Espírito Santo de repente desceu sobre ela. Ela caiu e o Senhor a levou para o céu.

Encontrando Jesus e sua filha no céu

Ela conta que no céu viu Jesus Cristo sentado em uma rocha em um manto branco.

“Ele olhou para mim e colocou as mãos na barriga. Ele estava rindo. E Ele se inclinava assim e simplesmente jogava a cabeça para trás e ria de puro deleite”, lembra Dell. E de repente, ela viu uma menina usando um vestido branco.

“Ela estava pulando e dançando, e girando ao redor dos pés de Jesus. E ele estava rindo e gostando dela. De repente, ela ouviu e olhou para mim. Nossos olhos se encontraram e eu imediatamente a reconheci como minha filha”, disse ela.

Publicidade

Segundo ela, a garotinha foi até Jesus e puxou suas vestes. Ela olhou para baixo, apontou para Dell e disse: “Olha, Jesus. Mamãe está rindo”.

Jesus respondeu: “Eu sei. Não é maravilhoso?” Então Ele se virou, olhou para Dell e disse: “Deste dia em diante, você não ministrará mais por causa de sua dor. Mas você ministrará por causa da sua alegria”.

Perdoou a si mesma

Desde então, aquele encontro mudou sua vida para sempre. Ela foi capaz de perdoar a si mesma, acreditando que embora seu pecado fosse muito grande, Jesus o diluiu com seu sangue.

“Eu sabia que realmente não haveria lágrimas no céu. Minha filha não nutria nenhuma animosidade por mim. Ela estava ansiosa e feliz em me ver feliz”, disse Dell.

No final, ela disse: “Deus, o que Ele fez foi substituir aquela memória daquele bebezinho. E Ele substituiu isso por ver minha linda filha dançando ao redor dos pés de Jesus. Que Deus maravilhoso nós servimos, que perdoa completamente! ”

“Não importa o que tenhamos feito, Sua graça é suficiente”, finalizou a mulher.

Publicidade

 

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês