Conecte-se conosco

Gospel

Pastor Márcio Poncio anuncia separação de esposa: “Traição da nossa aliança”

Publicado

em

Pastor Márcio Poncio e Simone Poncio – Foto: Reprodução/Redes Sociais

O pastor Márcio Poncio, da Igreja Pentecostal Anabatista, usou seu Instagram, na noite de sexta-feira (05/02), para anunciar a separação de sua mulher, Simone Poncio, após 27 anos.

Publicidade

Foi através dos stories do Instagram que o líder religioso fez o anúncio. A nota diz que ele lutou para que não chegasse nesse ponto.

“Lutei com todas as minhas forças para que não chegasse nesse ponto. Sei que muitos lares estão sendo desfeitos e teria q dá exemplo de resistência e superação, mas não foi o caso. Amo minha esposa mais que tudo nessa vida (Deus sabe). Não sei se sobreviverei sem ela, mas do jeito que estávamos não foi mais possível continuar”, iniciou ele.

Publicidade

Marcio continua explicando o motivo da separação e afirmou que não houve traição.

“Não houve traição carnal, talvez uma traição da nossa aliança em vivermos juntos em qualquer circunstâncias da vida e isso foi quebrado, a confiança a cumplicidade esperança e o companheirismo já não existe mais. Lamento muitíssimo estou e ficarei muito triste”, completou. Veja abaixo:

Publicidade

O pastor Márcio Poncio é pai dos influencers Saulo Poncio e Sarah Poncio. A família vive em uma mansão de luxo na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro. A propriedade do pastor Márcio e Simone é interligada a dos filhos. Ao todo são 10 pessoas morando no novo lar. Além disso, ele é empresário, ele é dono de uma fábrica de cigarros. Apesar de ser criticado por boa parte dos evangélicos, Poncio diz não se arrepender de administrar a empresa e deu sua explicação:

“Não sinto culpa por isso. Conversava com meu pastor e ele disse que eu não podia fazer o que a lei não permite que você faça. O que é permitido, posso fazer. Se eu não fabricar, se não trabalhar nesse ramo, alguém vai fazer. Sei que usufruo disso positivamente, faço com que os frutos sejam bons. Se eu não tiver ali, os malvados vão estar e vão promover maldade. Sou bem tranquilo com isso. Cigarro faz mal, não vou defender, mas tem tantos coisas que sabemos que faz mal e as pessoas fazem”, disse o pastor ao colunista Leo Dia.

 

Destaques do Mês