Priscilla Alcantara sobre racismo: “A injustiça promove a ira de Deus”

"Denunciar a injustiça, aliviar os ombros dos oprimidos. Eu li isso na Bíblia, vi isso em Jesus e manifestarei isso aqui", disse a cantora

Foto: Reprodução/Facebook

A cantora Priscilla Alcantara fez um post em suas redes sociais se posicionando com relação a um assunto bastante discutido nos últimos dias, o racismo. Segundo ela, a bíblia deixa claro que Jesus lutava pela dignidade, igualdade e Ele era contra o preconceito em sua época. Ela lembra que a partir do momento que pôde apreender sobre isso, “tudo mudou” e até mesmo a ajudou a enxergar religião de outra forma.

-Todo mundo sabe que sempre me opus à religiosidade por diversos motivos. Mas, talvez o principal seja que a religiosidade nos impede de ver e compreender o mais importante: a verdade e a pessoa de Jesus. Tudo mudou quando eu consegui enxergar na Bíblia que eu leio um Jesus que lutava pela dignidade do indivíduo, pela igualdade e contra o preconceito, repito, tudo mudou. O Mestre que eu sigo transformava tudo e todos por onde passava, não por causa dos seus discursos, mas por agir de acordo com o que discursava – Disse Priscilla.

 

Leia Mais:

+Bolsonaro dá “graças a Deus” por Moro ter saído do governo

+Pastor da Assembleia de Deus morre vítima de coronavírus em Maceió

+“Se afaste de gente que se alimenta da sua dor”, diz Felippe Valadão no VillaMix

 

Ela pegou como base a passagem bíblica da “Parábola do Bom Samaritano” para justificar que Jesus sempre amou aqueles que eram de certa forma, rejeitados por todos. Além disso, ela também pegou uma passagem sobre Maria, mãe de Jesus, para justificar sua mensagem com relação ao assunto.

– Esse Mestre com a Parábola do Bom Samaritano, por exemplo, me mostrou que a lógica humana subverte a lógica de Deus. Um estrangeiro rejeitado é as mãos de Jesus, o verdadeiro “próximo”. Meu Mestre legitimou o direito e desejo de Maria de sentar e tomar lições de um Rabino e enfatizou o que ela tinha feito a escolha certa e isso ninguém lhe tiraria. E como se não bastassem todos os relatos de sua vida, até hoje Ele me abre os olhos sobre como a injustiça promove a ira de Deus – Disse a cantora.

A cantora afirma que o problema pode ser que as pessoas querem uma resposta para vários fatos do dia a dia, sendo que já foram respondidos por Jesus há muito tempo. Ela disse que só há uma maneira de fazer com que as coisas valem a pena, “servindo o próximo” indiferente de religião, sexo, raça, entre outros. Além disso, ela se dispôs a lutar contra as injustiças no mundo.

– Cabe a mim não mais perguntar ‘O que Jesus faria?’ mas perguntar ‘O que eu estou fazendo?’. Porque talvez esse seja o problema; queremos uma resposta que já foi dada há muito tempo. Concluí que só há um jeito de fazer essa vida valer a pena: servindo o próximo. E seguirei aprendendo e buscando todas as formas de fazer isso. Me ensine e contem comigo. Quero ser útil de forma responsável. Denunciar a injustiça, aliviar os ombros dos oprimidos. Eu li isso na Bíblia, vi isso em Jesus e manifestarei isso aqui.

Priscilla Termina sua mensagem criticando interesses políticos em cima de uma pauta tão importante que é o preconceito, assunto que está sendo debatido em todo o mundo. Ela também afirma que o racismo deve ser combatido sempre.

 

View this post on Instagram

leia 2x, se necessário.

A post shared by PRISCILLA (@priscillaalcantara) on

 

 

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.