Silas Malafaia é processado por Thammy e questiona: “Por que só eu?”

Thammy Miranda e Pastor Silas Malafaia – Arte: Gospel Minas

Thammy Miranda afirmou que  está processando o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus (DVEC), após ele ter proposto um boicote à Natura depois que a marca escolheu Thammy para estrelar a campanha de ‘Dia dos Pais’, data que se comemorou no último da 08. Nesta quinta-feira (27), o líder evangélica retrucou Thammy.

+ Irmã de Juliana Paes se converte após desistir de ser mãe de santo: “Meu único dono é Jesus”

– Um recado para Thammy Miranda! Não sabia que a Natura teve um baita prejuízo no Dia dos Pais. Nunca citei o seu nome – Escreveu o pastor nas redes sociais lembrando do prejuízo sofrido pela Natura em quase R$ 400 milhões com a campanha.

– Aproveite e abra processo contra milhões de brasileiros que protestaram contra a Natura nas redes sociais. Por que só eu? Preconceito religioso? – Questionou Silas.

+ Templo de Salomão recebe prêmio de melhores atrações do mundo

Thammy havia falado com o jornalista Leo Dias sobre o processo está movendo contra o pastor da ADVEC.

– O que ele fez é crime e a gente não pode mais deixar passar impune. Esse crime, que ele vem cometendo há um bom tempo e ninguém faz nada, mata milhares de pessoas – Afirmou Miranda.

De acordo Thammy, a intenção foi não apenas para defesa de si mesmo, mas também para garantir que, no futuro, outras pessoas LGBT não precisem lidar com o mesmo tipo de preconceito, de acordo com ele.

+ “Exercer a função de pai, não a transforma em genitor”, diz pastor Cláudio Duarte sobre Thammy

– É um legado que quero deixar. Que mais para frente, outras gerações não passem pelo que a gente está passando hoje. Eu hoje vou sofrer as consequências de estar lutando por isso, mas outras pessoas não vão passar por isso. Meu filho não vai passar por isso – Concluiu o empresário.

 


Receba as notícias do Gospel Minas no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp: bit.ly/2R9Ign9

Telegram: bit.ly/2CNJQY7


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.