Conecte-se conosco

Diagnosticada com tumor cerebral e Covid-19, mulher testemunha cura: “Deus é perfeito”

Publicado

em

Ale Souza – Foto: Arquivo Pessoal

A família e amigos de Ale Souza, de 37 anos, a consideram um milagre de Deus! Isso porque, ela se curou de um tumor no cérebro em 2020, além disso, também se curou da Covid-19. Hoje ela conta o testemunho como forma de agradecer o Rei dos Rei pela cura e o cuidado d’Ele para com ela.

Tudo aconteceu em fevereiro de 2020. Ale é moradora de São Paulo e um certo dia ao acordar, percebeu algo estranho, ela estava com paralisia facial. Logo, tratou de consultar algum médico, indo em um neurologista e depois em um otorrinolaringologista. Mas, todos informaram que Ale estivesse estressada e receitaram alguns medicamentos, além de fisioterapia.

Ela seguiu as recomendações médicas e em um mês viu uma grande melhora, no entanto, percebia que algo continuava estranho. “Fiz as recomendações e em um mês meu rosto voltou ao normal. Mas, eu ainda sentia que tinha algo a mais. Insisti com vários médicos para que investigassem. Até que um deles me pediu um exame; ressonância magnética”, disse ela em entrevista ao portal Gospel Minas.

Publicidade

A descoberta de um tumor

Logo que o exame saiu, Ale marcou o retorno ao médico para verificar o resultado. Na consulta, ela teve uma surpresa desagradável, preocupante e ao mesmo tempo triste. Ela chegou até pensar que iria morrer.

“Ao levar o exame para o neurologista ele falou: ‘é um tumor, tem que investigar’, naquele momento eu tive certeza que morreria. Mas, naquele mesmo dia, uma segunda-feira eu não contei para ninguém, só falei com um médico que há anos tratava um desvio que tinha no maxilar (tratava há anos sem imaginar que era o tumor que causava o desvio)”, recorda Ale.

No mesmo dia, Ale foi orientada a buscar um outro especialista com urgência. Lá, o profissional de saúde afirmou que ela precisaria passar por uma cirurgia.

Publicidade

“Naquele mesmo dia Deus começou a me mostrar que não era aquilo que eu pensava. Naquele mesmo dia eu vi o agir de Deus por onde eu passava, o que levaria até meses para fazer (exames) eu fiz em 1 semana”, conta ela.

Ale conta que diante dali, resolveu entregar sua vida para Deus, confiando que Ele traria a cura que ela precisava. Assim, ela e o médico marcaram a cirurgia.

“Ele marcou minha cirurgia. E a única coisa que fiz foi me entregar e confiar em Deus. Descansei meu Coração, e fui contar para minha família que eu tinha um tumor cerebral e ia fazer uma cirurgia. Meus pais se preocuparam muito, mas eu falei: ‘não temos o que fazer, a não ser confiar no Deus em que a vida toda cremos. Sempre confiamos n’Ele e descansamos, nesse momento vamos fazer o mesmo. Nosso Deus pode todas as coisas oramos sempre por outras pessoas’ e meus pais confiaram em Deus”, disse.

No dia da cirurgia

Ale estava em paz no dia do procedimento cirúrgico. Ela sabia que Deus estava com ela o tempo todo e que Ele usaria os médicos para arrancar aquele mal. Riscos ela corria, por outro lado, sabia que tudo sairia bem.

“No dia da cirurgia fui em paz. Não chorei só confiei. Fiz o teste de Covid (que deu negativo ) e comecei a preparação. Entrei em paz, com o coração tranquilo e entreguei aos cuidados do Senhor. Correu tudo bem graças a Deus. Acordei naquela UTI com uma enfermeira louvando a Deus. Aquilo me fez ser ainda mais grata”, disse ela.

Enfim, Ale ganhou alta e voltou para casa. Entretanto, ela estava bem debilitada e segundo ela, não conseguia realizar certas atividades como tomar banho, pentear os cabelos e até mesmo escovar os dentes. E ela se preocupou dias depois ao sentir dores no pulmão.

Publicidade

Ale Souza mostra o local da cirurgia cerebral – Foto: Reprodução.

A Covid-19

Com tantas dores Ale voltou para o hospital e foi diagnosticada com pneumonia e voltou para a casa para tratamento. Porém, as dores não cessaram e ela voltou a procurar um médico. Foi quando recebeu uma notícia alarmante.

“Voltei para casa fazendo o tratamento para pneumonia. Alguns dias depois as dores pioraram e voltei para o hospital. Fiz novamente outra tomografia na qual fui diagnosticada com Covid-19. Iniciei o tratamento tardio, pois já estava com parte do pulmão tomado, mas com tudo eu confiava no Senhor”, recorda Ale.

“Com 15 dias voltei com o neurocirurgião para saber como foi a cirurgia e saber o resultado da biópsia que para a honra e a Glória do Senhor Jesus Cristo era um tumor benigno”, disse ela ao Gospel Minas.

Cura e agradecimentos a Deus e a família

Ale se curou do novo coronavírus e agora realiza acompanhamento das sequelas que a doença deixou. Mesmo com muito sofrimento em 2020 e as sequelas, Ale nunca parou de adorar a Deus e acreditar na sua cura. Ela espera poder voltar a trabalhar em breve e confia que Deus vai te surpreender neste ano de 2021. O ano de 2020 para ela foi muito difícil, no entanto, restou a ela confiar no Senhor!

“Todo o meu coração sempre descansou no Senhor. Sofri, sofri muito porque a carne sofre, mas meu coração sempre confiou no cuidado de Deus”, conta.

“Hoje estou me recuperando bem, não estou trabalhando. Eu trabalhava como esteticista e maquiadora e faz pouco tempo que consegui voltar a me maquiar e não estou atendendo ainda. Mas, até nisso Deus trouxe tranquilidade ao meu coração. Deus é perfeito e sou muito grata”, testemunhou Ale Souza, de 37 anos.

Publicidade

A maquiadora também não deixou de agradecer ao esposo, Paiva, que esteve com ela desde o início do tratamento até os dias de hoje. Além disso, é grata a família, principalmente os pais, que oraram, jejuaram e torceram por ela em todas as etapas.

“Meu esposo fez tudo que eu precisava e me ajudou de todas as formas. E por conta da pandemia eu fiquei sem contato físico com meus pais, por eles serem da área de risco para a Covid-19. Então, meu esposo cuidava de mim, tanto nos exames iniciais, operatórios e na saída, em tudo ele cuidou de mim”.

“Enquanto meu marido cuidado de mim, meus pais choravam, confiaram em Deus, fizeram campanha e fizeram jejum”, completou Ale.

 

Ale Souza “O dia que consegui ter forças nos braços para me maquiar” – Foto: Reprodução.

 

De Belo Horizonte para o mundo. Editor do Gospel Minas. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês