Conecte-se conosco

Mundo

“O Talibã vai eliminar a população cristã”, alerta pastor no Afeganistão

Publicado

em

Imagem: Reprodução

Poucas horas depois de tomar a cidade de Herat, os combatentes do Talibã patrulhavam as ruas tentando convencer os residentes da terceira maior cidade do Afeganistão de que a vida logo voltaria ao normal.

Publicidade

“Os negócios continuarão normalmente e as pessoas estão felizes conosco e, com nossos serviços, elas ficarão mais felizes”, disse um terrorista do Talibã.

No entanto, um líder religioso do país, que não quis se identificar, disse ao site CBN News, que: “No momento, tememos a morte. O Talibã vai eliminar a população cristã do Afeganistão”, disse ele.

Publicidade

O religioso está entre os milhares de afegãos que passaram a ter fé em Jesus Cristo nas últimas duas décadas.

“Não havia muitos cristãos 20 anos atrás, durante o tempo do Talibã, mas hoje estamos falando de 5.000 a 8.000 cristãos locais e eles vivem em todo o Afeganistão”, disse o pastor.

Em uma entrevista exclusiva de um local não revelado, o líder disse ao CBN News que está muito preocupado com o futuro da pequena comunidade cristã do Afeganistão.

Publicidade

“Conhecemos um cristão que trabalha no norte, ele é um líder e perdemos contato com ele porque sua cidade caiu nas mãos do Talibã. Há três outras cidades que perdemos contato com nossos crentes”, conta.

De acordo com o Portas Abertas, o Afeganistão é o segundo lugar mais perigoso para ser um cristão no mundo hoje, atrás apenas da Coreia do Norte. A maioria dos cristãos ali se converteu do islamismo.

“Alguns dos crentes são conhecidos em suas comunidades, as pessoas sabem que se converteram do islamismo ao cristianismo e são considerados apóstatas e a pena para isso é a morte. O Talibã é famoso por executar essa punição”, disse ele.

Segundo informações, o Talibã está supostamente indo de porta em porta, forçando famílias a desistir de suas filhas, algumas de apenas 12 anos, para serem escravas sexuais de seus homens.

“Tenho quatro irmãs solteiras, elas estão em casa e estão preocupadas com isso”, disse o pastor.

Publicidade

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês