Goleiro Fábio, do Cruzeiro, diz que recebe orientação de Deus em campo

Fábio é o jogador que mais atuou pela equipe do Cruzeiro, com mais de 800 jogos

Goleiro Fábio – Foto: Reprodução

O goleiro do Cruzeiro, Fábio Maciel, concedeu uma entrevista ao canal Desimpedidos no YouTube e falou de como Deus tem lhe ajudado no trabalho. Fábio é ídolo da equipe mineira e um dos maiores goleiros do país. O atleta já defendeu 30 pênaltis em partidas importante e diz que sempre se apega a em Deus antes de cada cobrança.

– Eu sempre fui com muita fé, sempre peço muito a Deus para conseguir ver esse momento. Eu já fiquei muito bravo comigo mesmo porque Deus falou ‘vai nesse canto’, e aí eu falo para Deus ‘me confirma que esse é canto’. Eu fui e pulei para o canto errado (risos) – disse Fábio.

 

Leia Mais:

+Pastor é preso suspeito de estuprar meninas de 9 e 13 anos em Manaus

+“Deus me deu essa missão”, diz prefeito de BH sobre guiar a cidade em ano de tragédias

+Após perder mãe por Covid-19, ator lança documentário sobre como conheceu Jesus

 

Fábio citou a vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, na decisão da Copa do Brasil de 2018 para exemplificar uma das vezes que “desobedeceu” à Deus em uma cobrança.

– Deus fala de várias formas, me mostra às vezes no trejeito do atleta, na forma que ele vai correr para a bola. Vou te falar qual foi o jogo (que ele não escutou a orientação divina), foi a final de 2018 contra o Corinthians, do Jadson. Você pode reparar no lance que na hora que eu me levanto, já levanto puto comigo mesmo – Contou.

Segundo Fábio, após ter tomado o famoso “gol de costas” durante a partida em que o Cruzeiro foi derrotado por 4 a 0 pelo seu maior rival Atlético, onde ele tomou o quarto gol de costas para o gramado, sem ter visto a jogada, e através deste fato, Fábio buscou a Deus com mais frequência.

– Foi ali que eu me converti. Aquele gol mudou a história da minha vida e fez eu me tornar um goleiro melhor ainda – Disse ele.

Além disso, o goleiro falou que tentou levar a palavra de Deus ao seu ex-companheiro de time, Sassá, sem êxito, mas torce pela conversão dele.

– Mas ele é de família cristã, a mãe dele é pastora, conhece a bíblia igual a palma da mão. A hora dele vai chegar – Disse ele.

Aos 39 anos, Fábio se tornou ídolo da torcida celeste. Em 2010 e 2013 ele foi premiado com o título de melhor goleiro do Campeonato Brasileiro. Além disso, ele é o jogador que mais atuou pela equipe do Cruzeiro, com mais de 800 jogos.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.