O triste adeus à Bárbara Pita, colunista do site Gospel Minas

Bárbara tinha 30 anos e faleceu após sofrer um aneurisma cerebral no último domingo (05)

Bárbara Pita – Foto: Reprodução/Instagram

“Uma santa pecadora desfrutando da graça salvífica de Deus. Cristã Batista. Pedagoga. Belo Horizontina. Amante de bons livros e café”. Era assim que Bárbara Stephanie Oliveira Pita se apresentava a todos. Colunista do Gospel Minas desde março desde ano, Bárbara Pita faleceu no último domingo (05), em BH, após sofrer um aneurisma cerebral e ser submetida a uma cirurgia de emergência, mas Bárbara veio a óbito após duas paradas cardíacas.

A notícia sobre a morte de Bárbara foi recebida com pesar por todos os admiradores, amigos e familiares. Bárbara tinha 30 anos, era pedagoga, líder de um clube de livros em Belo Horizonte e uma das idealizadoras do “Legacy Literário”, um dos ministérios da Igreja Batista da Lagoinha. Além disso, era torcedora do Clube Atlético Mineiro.

Dona de um carisma incontestável, e uma vasta experiência em obras literárias, Bárbara Pita era fã de vários autores, o principal deles C.S. Lewis. O diretor do Gospel Minas conta sobre como foi em poder trabalhar com Bárbara nestes poucos meses, mas que foi o suficiente para abençoar muitos leitores.

– O Clube do Livro, na qual Bárbara participava, foi por onde a conheci. Me admirei com tanto conhecimento literário dela. Logo, tratei de fazer um convite de publicar seus textos no Gospel Minas. Lembro-me que ela aceitou o convite no mesmo dia. Foram seis grandes textos publicados em nosso site no decorrer desses meses e ainda pretendo continuar publicando, tendo em vista que ela deixou vários artigos e textos. Reflexões que devem ser exaltadas, e quem ganha com isso são os cristãos – Disse Thalis Silva, CEO do Gospel Minas.

Bárbara escrevia textos com base nos livros que lia e também da Bíblia. Seu objetivo era estimular o jovem a ler e conhecer mais sobre Deus através da vida de tantos autores expressivos que existem no meio cristão. “Eu oro para que você se torne alguém mais consciente, crítico, mais amante do bom e do belo. E acima de tudo, para que tais textos sejam hoje e sempre para a glória do único e suficiente Deus”, dizia Bárbara.

Despedida de Familiares e amigos

Emocionada, a mãe de Bárbara disse que ficou triste pela perda da filha, mas orgulhosa por ela ter abençoado tantas vidas por onde passou.

– Me sinto muito triste pela partida de minha filha, mas tenho certeza de onde ela está agora, como amante de Jesus Cristo, e de toda literatura, posso imagina-lá neste momento tomando um chá com seus amados, que serviram de inspiração pra vida dela, C.S.Lewis, Tolkien e vários outros, me senti e vou continuar orgulhosa da filha que Deus me emprestou, por um breve momento, mas ao mesmo tempo grande, porque ela deixou para nós um grande legado – Disse Marly Oliveira Pita, mãe de Bárbara.

Sua irmã teceu elogios à irmã. Ela também participava do mesmo clube de livros.

– Qualquer coisa que eu tente falar ou escrever sobre minha irmã vai ser pouco perto da grandeza dela. Minha irmã sempre foi pra mim como todas as relações em uma só, ela era, além de minha irmã, minha mãe, meu pai, minha professora e minha melhor amiga. Nossas risadas sobre as coisas mais bobas e nossos choros sobre as coisas mais sérias vão ficar pra sempre guardados no meu coração. Vou viver até o último dia da minha vida sentindo falta de ter ela comigo, o que é um pensamento muito egoísta porque sei onde ela está, num lugar muito melhor, nos braços do Pai, em sua tão desejada Nárnia – Disse Paula Karoline, irmã de Bárbara.

Um dos amigos de Bárbara, e também colunista aqui do Gospel Minas, pastor Isaías Fernandes também se despediu da amiga. Muito próximo dela, o líder compartilhou uma experiência que teve com ela.

– Alguns meses atrás, prometi para a Bárbara que eu, como pastor, faria o casamento dela. Na segunda feira (06/07) foi o dia de nos despedirmos dela em seu enterro. Naquele momento entendi, que estava cumprindo minha promessa. Na despedida dela dessa terra, entendi que estava casando-a com Cristo, nosso noivo. Ela casou-se com Aquele que nunca vai decepcioná-la, traí-la e entristecê-la. Agora, com sua partida, o que resta a nós que estamos nessa terra, é a gratidão por termos convivido com ela, e a saudade, pela imensa alegre da conivência que tivemos nesses anos. Aos familiares, rogamos para que o Espírito Santo console e conforte o coração de vocês – Disse Isaías.

Ana Laurinda era líder do Clube de Livro junto com a amiga Bárbara. Ela conta que a conheceu em uma célula da igreja. Foram sete anos de amizade até que a triste notícia chegou. Ana lamentou a morte da amiga e seguirá levando o mesmo conhecimento, sonhos e muita leitura ao clube que lidera.

– Quando recebi a notícia era como se eu tivesse sido atropelada, fui tomada por uma dor, e um choro indescritíveis. Agora, eu só posso ser grata por ter tido o prazer da amizade dela nesses últimos 7 anos, que parecia ser uma amizade desde a infância, afinal ela sempre soube tudo a meu respeito, com ela tive a liberdade de abrir meu coração. Consigo ouvir ela dizendo: Sê valente! Sigo em frente na esperança de honrar sua memória, seguir com seu legado, continuar escrevendo as canções que ela sempre me incentivou, acreditar mais em mim como ela acreditava. Eu só posso dizer muito obrigada e até breve minha amiga, minha irmã – Disse Ana.

Bárbara Pita sempre será lembrada pelos amigos, familiares, admiradores e equipe do Gospel Minas. O site lamenta a perda de Bárbara Stephanie Oliveira Pita na qual teve a  honra de partilhar seus belos textos e reflexões. O nosso adeus à Bárbara Pita.

Abaixo todos os seus artigos publicados em nosso portal:

O nosso primeiro livro

Os óculos que uso

Errando e Aprendendo

A última noite do mundo

Maravilhando-se com a criação

O irmão mais velho


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.