TV Globo pede desculpas à família do menino morto por Suzy e aos telespectadores

O pedido de desculpas foi lido ao vivo no Jornal Nacional desta terça-feira (10).

TV Globo pede desculpas à família do menino morto por Suzy e aos telespectadores

O Fantástico e a TV Globo pediram desculpas à família do menino que foi brutalmente assassinado pela transexual Susy, presa que foi abraçada pelo doutor Drauzio Varella no “Fantástico” e que comoveu parte das pessoas, além disso o caso ganhou grande repercussão em todo país após o site “O Antagonista” revelar no último domingo (08) os crimes praticados pela Susy.

O pedido de desculpa veio ao vivo no Jornal Nacional nesta terça-feira (10) que exibiu também um vídeo do médico pedindo desculpas à família do garoto e aos espectadores que por ventura tenham se decepcionado com ele. Assista ao vídeo abaixo.

Já o pedido da TV Globo foi lida pelo editor chefe da bancada do Jornal Nacional, William Bonner. Na nota fala que “apenas depois da exibição do quadro” o Fantástico “tomou conhecimento da gravidade do crime” cometido pela transexual. Leia a nota completa abaixo.

“Pelos mesmos motivos do Dr. Drauzio Varella, também o Fantástico e a Globo pedem desculpas à família da vítima e a todos os telespectadores. A trans Suzy não foi presa por roubo, e nem furto. Ela cumpre pena de prisão por estupro e assassinato de um menino. Apenas depois da exibição do quadro, o Fantástico tomou conhecimento da gravidade do crime. E só hoje, a Globo se manifesta com mais clareza sobre o assunto, porque respeitou protocolos de segurança. Protocolos que autoridades públicas não seguiram.”, disse a nota.

+Pastor viaja 600 km toda semana para batizar indígenas no MT: “Aceitam Jesus com muita alegria”

+“Se renda ao fogo logo de uma vez, dói menos!”, diz Nívea Soares sobre a volta de Jesus

+Ator americano Mark Wahlberg revela que compartilha sua fé com colegas de Hollywood

Segundo trecho do processo, divulgado pelo site “O Antagonista”, Suzy praticou “atos libidinosos consistentes em sexo oral e sexo anal com o menor Fábio dos Santos Lemos, que à época contava com apenas 9 anos de idade”.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.