Andressa Urach revela demissão da RecordTV e culpa Universal por ‘alma no inferno’

A apresentadora usou as redes sociais para desabafar com com seguidores nesta sexta-feira (13)

Andressa Urach em ensaio para suas redes sociais – Foto: Reprodução/Instagram

A apresentadora Andressa Urach disse nesta sexta-feira (13), em sua conta no Instagram, que foi demitida da RecordTV. Além disso, revelou que a Igreja Universal do Reino de Deus, na qual é membro desde 2015, gerou diversos danos a ela nos últimos anos.

O desabafo de Urach foi parar nos assuntos mais comentados da internet na tarde desta sexta-feira (13).

– Depois de seis anos de lavagem cerebral em que me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus – Disse ela na legenda.

Na postagem ainda, Andressa anuncia que foi desligada da emissora do Bispo Edir Macedo e culpou a Igreja Universal do Reino de Deus por estar desempregada. Além disso, afirmou que, por causa disso, sua alma estaria no inferno.

– Me levaram praticamente tudo que eu tinha, foi mais de R$ 1,5 milhão e meio que doei nesses últimos anos para a instituição, fora o meu amor e tempo que dediquei, como todos sabem, e agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. Parabéns, Igreja Universal, por levar minha alma ao inferno!”, diz a modelo.- Disse ela na postagem.

A apresentadora havia rompido com a Universal em outubro deste ano e, após disso, passou a fazer uma série de publicações atacando a instituição cristã.

– Dediquei os últimos seis anos da minha vida para Jesus, como todos sabem, mas acabei me sentindo como um objeto descartável, nunca me senti assim, nem no tempo da prostituição. Sei que Jesus não tem nada a ver com isso, e a obra de Deus é feita por pessoas falhas – Escreveu ela em 30 de outubro.

Testemunho em live

Em julho deste ano, Andressa, que tem 32 anos, foi entrevistada pelo jornalista Leo Dias e abriu seu coração para falar das mudanças em sua vida no decorrer dos anos. A artista testemunhou sobre como Deus transformou sua vida da ‘água para o vinho’. Além disso, revelou que decidiu expor seu passado como uma missão “para ajudar quem está no fundo do poço como eu estava”.

Naquela ocasião, contou que após conhecer Jesus, sentiu o desejo de doar todos os bens adquiridos antes da conversão. De acordo com ela, ela estava com a consciência limpa, pois tudo que ela conquistou, inclusive dinheiro, era como se tivesse sujo para ela.

Ela revelou também que vendeu 1 milhão de exemplares de livros lançados por ela, e que mesmo assim decidiu doar todo o valor que conquistou dessas vendas.

Ela disse ainda que se arrependeu de ter feito muitas coisas na vida e aprendeu muito com o seu passado. Ela revelou que chegou a ver o ‘espírito da morte’.

– Eu buscava a morte. Bebia pra esquecer. Eu preenchia o meu vazio com coisas e pessoas. Bebia todos os dias, cheirava cocaína todos os dias pra buscar a felicidade. E hoje eu sou feliz, Léo. Eu não preciso de prostituição, não preciso de cocaína. Fiz isso tudo de errado. Eu não mereço, eu não sou digna de Deus. Jesus veio salvar os pecadores, na qual eu sou a pior. Eu não sou digna de Deus. E Deus teve a misericórdia de mim. Eu fui podre, eu fui um ser humano nojento que eu não merecia uma segunda chance. Eu disse: “Deus, me dá uma segunda chance! Deixa eu cuidar do meu filho. Eu vou falar para todo mundo que o Senhor é Vivo”. Léo, eu vi o espírito da morte. Ele veio pegar a minha alma e só não me levou porque a minha mãe estava orando do lado da minha cama. Uma oração salva uma pessoa – Disse Andressa.

A Record TV ainda não se pronunciou sobre a demissão de Andressa Urach.

 

Leia também:

 


Receba as notícias do Gospel Minas diretamente no seu aplicativo de mensagens favorito:
WhatsApp   Telegram   Viber   Line 
Siga o Gospel Minas no Google News!


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.