Câmara de Vereadores de Belo Horizonte aprova Dia Nacional da Bíblia

Se sancionada pelo prefeito da capital, a data de que trata esta lei será comemorada, anualmente, no segundo domingo do mês de dezembro

A Câmara de Vereadores de Belo Horizonte, em Minas Gerais, aprovou em segundo turno na última terça-feira (17), o Projeto de Lei (PL), que cria o Dia da Bíblia na cidade. O projeto segue agora para análise de Alexandre Kalil (PSD), prefeito da capital mineira. Se sancionada, a data de que trata esta lei será comemorada, anualmente, no segundo domingo do mês de dezembro.

O autor do projeto, Irlan Melo (PSD), pastor da Igreja Presbiteriana Pentecostal em BH, explica que o Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha, tendo tal data começado a ser celebrada no Brasil em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários cristãos evangélicos. Além disso, Irlan lembra que, desde dezembro de 2001, essa comemoração integra o calendário oficial do país, graças à Lei Federal 10.335, que instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional.

– Hoje, as celebrações se intensificaram e diversificaram. A presente proposta visa, portanto, instituir em nossa cidade um Dia tão especial à toda comunidade cristã – Disse o vereador.

A aprovação do projeto foi comemorada pelo vereador Fernando Borja (Avante), pastor da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte. Segundo ele, a aprovação é mais uma vitória para os cristãos.

O PL 1040/20, antes de ser encaminhado para exame do prefeito Alexandre Kalil, precisa ter sua redação final aprovada.

 

 

Leia também:

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.